Bom dia! Hoje é sexta-feira, 19 de janeiro de 2018 | 07:36

Essência imortal / Web Rádio Vida Espírita - Andradina/SP
Imprimir matéria

06/01/2018 [18h10] | Momento Espirita

Essência imortal

Essência imortal

Um homem adquiriu uma casa antiga. Mais de um século de construção, mas bem conservada.

Contudo, logo que entrou na edificação, se deu conta de que muitos consertos eram necessários. Um detalhe aqui, outro ali.

E, com certeza, ela precisava de uma pintura nova. Por isso, ele decidiu retirar a tinta antiga e começou a raspar as paredes, a cor velha, um azul sujo e desbotado.

Para sua surpresa, na medida em que ia retirando a cor azul, foi aparecendo por baixo uma outra cor, rosa, mais velha do que a anterior.

Raspou tudo. Aí apareceu uma terceira camada de tinta, cor creme. Depois o branco.

Ele foi descobrindo que cada morador que por ali passara, pintara a casa da cor que lhe agradava, sempre cobrindo a anterior.

Constatando isso, ele decidiu descobrir qual seria a cor original daquela velha casa.

Obstinado, pacientemente, foi retirando camada por camada. Finalmente, quando acabou o seu trabalho, teve uma grande surpresa.

Mais bonita do que qualquer tinta, havia uma madeira linda, o maravilhoso pinho de riga, com nervuras formando arabescos cor castanha contra um fundo marfim.

Ficou encantado e profundamente feliz ? pinho de riga puro, sem nenhuma mão de tinta. Um tesouro para ser admirado.


*   *   *

Nós somos como a casa velha, com camadas e camadas de tintas de cores diversas.

Para cada ocasião, apresentamos uma das cores: o azul para os momentos de alegria, o rosa para aqueles serenos, harmoniosos, o vermelho para as horas turbulentas...

As pessoas, que privam do nosso cotidiano, nos conhecem de uma ou de outra forma, dependendo das horas que estejam conosco.

Alguns dirão que somos alegres, outros que somos muito sérios, outros ainda, que somos agitados, tensos.

Tantas são as cores para os períodos mais diversos que, por vezes, nós mesmos temos dificuldades em descobrir como somos realmente.

Somos o amarelo do intelecto, o verde das festas ruidosas, o branco envelhecido dos dias de cansaço?

Quem somos, afinal? Como somos, de verdade?

Importante que nos autoconheçamos, que saibamos em profundidade dos nossos sentimentos, das nossas aspirações, dos nossos pensamentos.

Autoconhecimento. E, com um detalhe muito importante: saber que não somos um corpo que anda, fala, trabalha, executa tarefas, se locomove de um para outro lado.

Somos um Espírito imortal. Sim, o pinho de riga puro. A essência imortal.

E esse Espírito imortal é quem sente, pensa, idealiza e conduz o corpo com todas suas camadas grossas ou finas de diferentes pinturas.

Definirmo-nos como ser humano integral é o que nos compete. Permitir que apareça, com toda sua beleza, esse pinho de riga puro, com seus arabescos maravilhosos.

Descobrir que precisamos retirar a camada rude da nossa indiferença para deixar que o fundo marfim do amor se apresente.

Extravasar em ação nossa vontade de aprender, nosso intuito de melhorar, de apresentar o que tenhamos de melhor para esse mundo maravilhoso em que se movimenta o corpo que comandamos.

Essência imortal, filhos de Deus, herdeiros da Sua luz e do Seu amor.

Fonte: Texto com base no cap. 5, pt. 1, do livro Um céu numa flor silvestre, de Rubem Alves, ed. Verus.

Comentários

Outras matérias

  • Momento Espirita

    Missionários do amor

    Quando se fala em missionário, a primeira imagem que nos acode à mente é a de um religioso devotado ao bem, alguém que dedique seus dias e noites, de forma integral, para o bem dos seus irmãos, para a Humanidade. No entanto, missionários existem de...
  • Momento Espirita

    Ser luz

    O crepúsculo descia num deslumbramento de ouro e brisas cariciosas. Ao longo de toda a encosta, acotovelava-se a multidão. Centenas de criaturas se aglomeravam ali, a fim de ouvirem a palavra do Senhor, na paisagem que se aureolava dos brilhos singulares...
  • Momento Espirita

    Testamento

    Você já providenciou o seu testamento? Já decidiu a quem deixar os seus bens, quando a morte vier lhe ceifar a vida física?Alguma vez já cogitou quantos transtornos poderão ser evitados se a partilha de tudo que você dispõe for decidida, por você mesmo, q...
  • Momento Espirita

    Trem da vida

    Numa viagem de trem podemos notar uma grande diversidade de situações, ao longo do percurso.A nossa existência terrena pode ser comparada a uma dessas viagens, mais ou menos longa.Primeiro, porque é cheia de embarques e desembarques, alguns acidentes, sur...
  • Reflexões

    Ano novo na ampulheta do tempo

    Serão novos os anos que passam, os séculos e os milênios que se sucedem na ampulheta do tempo?

RECADOS

  • FRANKLIN SANTOS DO NASCIMENTO MARIANO | salvador - BA

    MUITO BOA RADIO GOSTEI E RECOMENDO SEMPRE AOS MEUS AMIGOS . OUÇO PELO APLICATIVO RADIOS.NET PARABÉNS SEMPRE OUÇO QUANDO ...

    13/11/2017 às 09h47

  • Silvio Soriano Arcova | Osasco - SP

    Boa tarde Pessoal da Rádio. Comecei a ouvir esta Rádio a poucos dias e fiquei muito contente e percebo que é de alta q...

    18/10/2017 às 17h20

  • Goreti Frey | Jaguarão - RS

    Adoro ouvir essa rádio,me traz muita paz,

    28/09/2017 às 17h29

Escrever recado

NOVIDADES

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

«« Copyright © 2017 Web Rádio 'Vida Espírita' - Andradina/SP © Todos os Direitos Reservados »»
0%
Streaming GuboHost