Boa noite! Hoje é quarta-feira, 19 de setembro de 2018 | 21:02

Últimas vontades / Web Rádio Vida Espírita - Andradina/SP
Imprimir matéria

07/02/2018 [07h00] | Reflexões

Últimas vontades

Últimas vontades

Você já se deu conta de que, de modo geral, costumamos doar nossos bens, somente após a morte?


Naturalmente, isso equivale a dizer que legamos nosso patrimônio a parentes próximos ou distantes, registrando em testamento as nossas vontades.

Estabelecemos divisões equitativas ou não, dispondo de bens móveis e imóveis, joias, títulos financeiros, cédulas e moedas, em favor dos que permanecem na carne.

Alguns de nós, mesmo nessas disposições últimas, impomos condições aos herdeiros a fim de que possam colocar as mãos no que lhes legamos.

Registramos desejos absurdos que retratam, em síntese, que mesmo partindo para a vida espiritual, pretendemos prosseguir a comandar vidas alheias, graças aos legados que lhes dizemos doar.

Por vezes, vamos ao ponto de determinar o que os herdeiros deverão fazer com os valores que lhes dispensamos.

Colocamos cláusulas testamentárias estabelecendo que certas porcentagens sejam direcionadas à prática da caridade, de forma direta ou através de instituições.

Nesse caso, convenhamos, se somos cristãos sabemos que é nosso dever atender o irmão sofredor, o quanto antes, e por nós mesmos pois que Jesus nos ensinou que mais importante do que dar é dar-se.

Igualmente temos consciência de que o bem só tem valor real quando parte do coração e ao coração se dirige.

O que quer dizer que distribuição do que quer que seja, por imposição, não trará jamais o selo do amor e da doação espontânea.

Temos a pensar ainda que, se durante os anos de nossa vida, não nos esmeramos em exemplificar a caridade, se não nos preocupamos em ensinar aos filhos, netos, sobrinhos, ou quem quer que seja, o verdadeiro sentido da caridade, como pretendermos que eles a pratiquem, sob dispositivo de cláusula testamentária?

Cumpre-nos revisar nossa postura perante a vida. Primeiro, iniciando a partilha do que excede em nossos armários, sejam roupas, calçados, alimentos, livros etc.

Segundo, educando aqueles por quem somos responsáveis, à meridiana luz do verdadeiro Cristianismo.

Tudo isso, enquanto é tempo, enquanto estamos a caminho, enquanto a lucidez nos comanda o raciocínio.

Repartir o pão do corpo e da alma, distribuir o de que disponhamos, em favor do nosso irmão, é medida que prescreve o Cristianismo, desde os versos primeiros da Boa Nova.

Você sabia?

Você sabia que os recursos amoedados devem sempre ser entendidos como meios e não como meta em nossas vidas?

E que na Terra, as coisas têm o valor que lhes damos? Entre outras, o dinheiro tem o peso exato que lhe oferecemos.

Fonte: Texto com frases finais baseadas no verbete Dinheiro, do livro Repositório de sabedoria, v.1, pelo Espírito Joanna de Ângelis

Comentários

Outras matérias

  • Momento Espirita

    A dor transformada em poesia

    A Internet é um veículo baratinho para se brincar de ator. - Afirmou determinada colunista em matéria de jornal. Na grande maioria do tempo, o mundo das redes sociais parece ser um mundo paralelo, distante da realidade. fotos de pratos de comida e sorri...
  • Momento Espirita

    É preciso saber viver

    Dois grandes vultos da música brasileira, certa vez, compuseram os seguintes versos: Toda pedra do caminho você pode retirar. Numa flor que tem espinho, você pode se arranhar. Se o bem e o mal existem, você pode escolher. É preciso saber viver. A ...
  • Momento Espirita

    Construção do amor

    Ele é um homem maduro, casado há mais de vinte anos. Tem um casaco marrom, que teima em usar em todas as ocasiões. O casaco está curto e, é claro, um pouco apertado. Porque esse homem não tem o mesmo corpo de bailarino espanhol que tinha ao se casar....
  • Momento Espirita

    A outra janela

    A menina debruçada na janela trazia nos olhos grossas lágrimas e o peito oprimido pelo sentimento de dor causado pela morte do seu cão de estimação. Com pesar, observava atenta o jardineiro a enterrar o corpo do amigo de tantas brincadeiras. A ...
  • Momento Espirita

    O preço de uma vida

    Quando, em nosso país, tantas vozes se erguem na defesa da eliminação da vida, uma pausa para reflexão se faz devida. Quanto vale uma vida? Será que, por não ser ainda alguém que contribui para a sociedade, por não ter voz suficientemente alta para s...

RECADOS

  • Goreti Frey | Jaguarão - RS

    Amei essa rádio, é tudo de bom

    31/07/2018 às 18h49

  • ovidio de tomaszewski | goiania - GO

    Excelente conteudo da programacao. Boa mesmo. Da gosto ouvir o tempo todo. Parabens para a equipe organizadora. ...

    04/06/2018 às 15h29

  • Maria | São Paulo - SP

    Adoro as palestras da anete Guimarães, mas li em vários lugares que ela não é psicóloga como ela diz? POR favor me tirem...

    27/04/2018 às 13h29

Escrever recado

NOVIDADES

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

«« Web Rádio 'Vida Espírita' - Andradina/SP - Divulgando a doutrina espírita! - Copyright © 2018 Todos os Direitos Reservados »»
0%
Streaming GuboHost