Bom dia! Hoje é quarta-feira, 16 de janeiro de 2019 | 09:56

Para não perder a humanidade / Web Rádio Vida Espírita - Andradina/SP
Imprimir matéria

20/03/2018 [06h17] | Reflexões

Para não perder a humanidade

Para não perder a humanidade

Diariamente, nos deparamos com as mais diversas notícias do que ocorre no mundo.


Porque estamos todos conectados, vinculados às redes sociais, às notícias que tomam de assalto as telas de nossos aparelhos portáteis em tempo real, sabemos muito do que ocorre, a toda hora.

Entretanto, muitas dessas informações apresentam um caráter nocivo.

Multiplicam-se as notícias sobre crimes, comportamentos exóticos, desequilíbrios das mais variadas formas.

Sucedem-se, no rol das informações que nos chegam, a corrupção por toda parte, as mortes banalizadas pela repetição, os crimes que se diversificam.

E nos sobra, então, a sensação de que nada, nem ninguém pode deter essa marcha incontrolável de uma sociedade que se desestrutura.

Como reflexo dessa avalanche de más notícias que nos chegam, que nos enchem os olhos e os ouvidos, vamos nos acostumando com essas paisagens.

No início nos chocávamos. Depois, era uma breve indignação. Com o tempo, por se tornar comum, passou a receber um olhar de quase normalidade de nossa parte.

Vamos nos convencendo de que tudo é normal, que a vida é assim, que as pessoas são assim.

Contudo, nenhuma violência é normal, nenhum crime pode ser visto com leveza, nenhum desrespeito ao nosso próximo deve ganhar cidadania.

Esse sentimento de falsa normalidade que nos invade, sutilmente vai roubando de nós aquilo que temos de mais precioso: nossa capacidade de nos indignarmos com o erro, de nos chocarmos contra aquilo que não é da nossa natureza.

E, aos poucos, sem nos darmos conta, vamos perdendo nossa humanidade, nossa sensibilidade, nossa solidariedade, a nossa empatia com o próximo.

É necessário refletir.

Esses que agem mal e que ganham as manchetes, se tornando a notícia do dia, são exceção. Longe estão de ser a regra.

A grande maioria de nós somos pessoas de bem, que queremos agir corretamente, cumprir nossos deveres, criar nossos filhos, pagar nossas contas, estar em paz.

Por isso, não nos deixemos convencer de que a humanidade está perdida.

Se acreditarmos nisso, a cada olhar de indiferença que lançarmos sobre a miséria alheia, estaremos, gradativamente, perdendo nossa própria humanidade.

Assim, perdemos um pouco de nossa humanidade a cada julgamento cruel que fazemos frente ao erro do outro.

Esvai-se de nós aos poucos nossa humanidade quando julgamos a todos como potencialmente desonestos, corruptos, criminosos.

Se alguns se permitem conduzir pelas suas fraquezas e enriquecem ilegalmente, são milhares os que honram seus empregos e salários trabalhando dignamente.

Se alguns decidem trilhar pelas veredas do crime e da violência, são milhares os que vivem pacificamente, distribuindo gentilezas e pacificação no meio onde vivem.

Portanto, cultivemos nossa humanidade.

Será através dela que compartilharemos o que trazemos de melhor em nossa alma.

E, quanto mais fortalecermos nossa humanidade, mais nos reconheceremos em nosso próximo.

A partir disso, mais fácil será seguir o conselho de Jesus, de amar ao próximo como a nós mesmos. 

Fonte: Momento Espírita

Comentários

Outras matérias

  • Reflexões

    Para uma vivência saudável

    Uma vivência saudável está ligada diretamente à elevada forma de se pensar.Bons pensamentos produzem harmonia, bem-estar; enquanto os perturbadores abrem campo para a instalação das enfermidades.A divisão celular em nosso corpo obedece a ciclos de tempo m...
  • Artigos

    Mensagem para o amanhã

    Quem observa esses frágeis seres que abrem seus olhinhos curiosos para o cenário do mundo, logo percebe como eles dependem dos adultos.Bebês, pequeninos, com o aroma da inocência aureolando suas ações, andam na Terra em busca de carinho. Parecem aves impl...
  • Reflexões

    E já é ano novo, outra vez

    Quando chega, é sempre pleno de esperanças. Espera-se o Ano Novo para começar vida nova, para estabelecer novas metas de vida, propósitos renovados para tantas coisas...É comum as pessoas elaborarem suas listas de bons propósitos para o Novo Ano.Mesmo sab...
  • Artigos

    Um Brasil de esperanças

    É assim. Muitos simplesmente apontam o caos. E não fazem nada. Outros, arregaçam as mangas e se lançam por este imenso país a realizar maravilhas. Pelo povo. Para o povo. Um desses se chama Arthur Moreira Lima, uma das mais importantes personalidades da c...
  • Momento Espirita

    Apoios esquecidos

    Charles Plumb era piloto e, certa vez, seu avião foi derrubado, durante uma missão de combate. Ele saltou de paraquedas, salvando a vida. Caiu em campo inimigo, foi capturado e passou seis anos como prisioneiro. Sobreviveu e ao retornar ao seu país, começ...

RECADOS

  • Camilla Dutra | Campinas - SP

    Gostaria de saber qual a formação da Dra. Anete. Mesmo que não concluída.

    06/11/2018 às 17h59

  • Goreti Frey | Jaguarão - RS

    Amei essa rádio, é tudo de bom

    31/07/2018 às 18h49

  • ovidio de tomaszewski | goiania - GO

    Excelente conteudo da programacao. Boa mesmo. Da gosto ouvir o tempo todo. Parabens para a equipe organizadora. ...

    04/06/2018 às 15h29

Escrever recado

NOVIDADES

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

«« Web Rádio 'Vida Espírita' - Andradina/SP - Divulgando a doutrina espírita! - Copyright © 2018 Todos os Direitos Reservados »»
0%
Streaming Local7 Sites